Rádio CN Agitos

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Cafeína pode afetar os níveis do hormônio feminino, diz estudo


Bebidas que contém cafeína, como o café, refrigerantes e chás, são amplamente consumidas por mulheres em idade reprodutiva.Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisas em Saúde dos Estados Unidos avaliou a relação entre a ingestão de cafeína e os níveis de estradiol livre (hormônio reprodutivo feminino) em mulheres férteis​​, e ainda, analisou estes efeitos segundo a etnia destas mulheres.
Um total de 259 mulheres foram acompanhados por até 2 ciclos menstruais.Amostras de sangue em jejum para a avaliação hormonal foram coletadas em até 8 visitas a cada ciclo menstrual. A ingestão de bebidas que continham cafeína foi contabilizada entre as participantes do estudo.Uma análise estatística foi feita para afastar fatores que poderiam interferir nos resultados da pesquisa.
A ingestão de 200 mg ou mais de cafeína por dia (cerca de duas xícaras de café) reduziu as concentrações de estradiol livre entre as mulheres brancas, e aumentou esta concentração entre as mulheres asiáticas.O efeito da ingestão da cafeína sobre os níveis de estradiol das mulheres afrodescendentes não foi considerado significativo. A ingestão de refrigerantes com cafeína ou chá verde (cerca de uma xícara de 240 ml) associou-se a um aumento das concentrações de estradiol livre em mulheres de todas as etnias.
As variações dos níveis de estrogênio no longo prazo podem influenciar no surgimento de certas doenças, como a osteoporose, endometriose e o câncer de mama.
Os autores da pesquisa finalizam dizendo que são necessárias mais pesquisas para avaliar os efeitos da cafeína sobre os níveis de estradiol, bem como, as diferenças destes efeitos entre as diversas etnias.
Fonte: American Journal of Clinical Nutrition.

Nenhum comentário:

Postar um comentário