Rádio CN Agitos

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Texto da margareth Fenandes - DOCE NATAL.



DOCE NATAL
 Doce Natal, momento de nascimento, renovação e amor... Tempo de enxugar as lágrimas, ver através do Espírito Santo, de caminhar na pureza do sorriso da criança, do olhar do idoso e da vitalidade da juventude. Doce Natal, que a Fé te faça melhor e o menino Jesus ilumine teu ser. Viva um dia de cada vez e realize seus sonhos e projetos, confiante no Senhor. Feliz Natal e muita Paz!

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Muito bom,aprenda a fazer sucos desintoxicantes.

Eles limpam o organismo e trazem diversos benefícios à saúde

Aprenda a fazer sucos desintoxicantes title=
Os sucos desintoxicantes auxiliam na eliminação de toxinas do organismo e trazem diversos benefícios à saúde. A nutricionista Andréa Uzeda, da Clínica Dicorp, no Rio de Janeiro, explica que eles atuam fazendo uma limpeza no organismo e eliminando todas as impurezas, além de melhorar o funcionamento intestinal, aumentar a disposição e a hidratação do corpo, e ativar o sistema imunológico, prevenindo contra diversas doenças. “Isso ocorre porque as frutas, verduras e outras substâncias utilizadas nesses sucos são ricos em fibras, vitaminas e minerais essenciais para a manutenção da saúde”, afirma.

Os sucos podem ser consumidos diariamente, de preferência em jejum e logo após o preparo. “Para a melhor obtenção de todos s benefícios, recomendo aliar uma alimentação saudável, rica em alimentos integrais, carnes magras, legume, verduras e frutas”, orienta a nutricionista.

Receitas de sucos desintoxicantes

Suco de cenoura com maçã

  • 1/2 cenoura
  • 1 maçã
  • 1/2 pepino
  • 1 colher de sopa de Chia
  • 200 ml de água de coco
  • 1 folha de couve
  • Hortelã a gosto
  • Bater todos os ingredientes no liquidificador. Coar se necessário.

Suco de uva com gengibre e canela:

  • 200ml de suco de uva integral
  • 1 limão com casca
  • Gengibre a gosto
  • Canela a gosto
  • Bater todos os ingredientes no liquidificador. Coar.
  •  

    Sucos detox: 5 receitas para desinchar

    Bebidas refrescantes que ajudam a eliminar as toxinas do organismo

    Além de ajudar a eliminar as toxinas do organismo, os sucos desintoxicantes melhoram o funcionamento do intestino, ativam o sistema imunológico e aumentam a hidratação do corpo. A nutricionista Andréa Uzeda da Clínica Dicorp, no Rio de Janeiro, explica que “as frutas, verduras e outras substâncias utilizadas nesses sucos são ricos em fibras, vitaminas e minerais essenciais para a manutenção da saúde”.
    Veja 5 receitas de sucos detox:
    Leia também

    Suco detox de cenoura com maçã

    Crédito: Shutterstock
    Crédito: Shutterstock
    Ingredientes
    1/2 cenoura
    1 maçã
    1/2 pepino
    1 colher de sopa de Chia
    200 ml de água de coco
    1 folha de couve
    Hortelã a gosto

    Modo de preparo
    Bater todos os ingredientes no liquidificador. Coar se necessário.

    Suco desintoxicante e digestivo

    Ingredientes
    1 xícara (chá) de abacaxi em cubos
    1 cenoura
    1 xícara (chá) de talos de erva doce
    1 suco de limão e raspas da casca

    Modo de fazer
    Bata em uma centrífuga ou em um liquidificador todos os ingredientes com um pouco de água filtrada ou água de coco. Para deixar o suco mais cremoso, utilize a medida de meio copo. Evite usar açúcar e adoçantes.

    Suco desintoxicante “queima-pneu”

    Ingredientes
    1 ameixa-preta seca
    2 fatias de abacaxi
    3 folhas de hortelã
    1 copo (200 ml) de água de coco
    1 colher (sopa) de semente de linhaça dourada

    Modo de fazer
    Deixe a ameixa hidratar por oito horas na água dentro da geladeira. Junte aos outros ingredientes e bata no liquidificador. Beba imediatamente sem coar.

    Crédito: Shutterstock
    Crédito: Shutterstock

    Suco desintoxicante e energético

    Ingredientes
    4 cenouras
    1 maçã
    Suco de 1 limão (sem casca)
    2 laranjas
    1 pedaço de gengibre

    Modo de fazer
    Bata em uma centrífuga ou em um liquidificador todos os ingredientes com um pouco de água filtrada ou água de coco. Para deixar o suco mais cremoso, utilize a medida de meio copo. Evite usar açúcar e adoçantes.

    Suco detox com gengibre
    Ingredientes
    200ml de suco de uva integral
    1 limão com casca
    Gengibre a gosto
    Canela a gosto

    Modo de preparo
    Bata bem todos os ingredientes no liquidificador e coe em seguida.

domingo, 1 de dezembro de 2013

ALERTA - Epidemia de Aids avança entre população jovem.


As taxas do "Boletim Epidemiológico" divulgadas neste domingo (1º) mostram que problemas conhecidos de aids no País seguem sem solução. A epidemia avança entre a população jovem, sobretudo entre o grupo masculino gay. As taxas de mortalidade permanecem inalteradas e a transmissão vertical, embora evitável, continua presente.
No ano passado, 63 casos foram registrados entre menores de um ano. Dentro desse quadro, surge uma nova preocupação: "Há uma tendência de aumento de casos", afirma o pesquisador da Universidade de São Paulo Alexandre Grangeiro.
O boletim mostra que, em 2011, foram registrados no País 40.535 casos de aids. Uma marca que até então nunca havia sido alcançada. Em 2012, os números são um pouco menores: 39.185. Esse indicador, no entanto, pode mudar. Em razão do atraso nas notificações, ao longo do ano, ajustes geralmente são realizados. Considerando os números apontados em 2012, o país registra um aumento geral de casos de 12%, em relação a 2005, quando 34.828 pacientes com a doença foram contabilizados.
"Esse é um número que reflete infecções que ocorreram há 10 anos", justifica o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, ao falar sobre 2012. Grangeiro, no entanto, avalia que o País vive um momento delicado. "Essa tendência de aumento do número de casos, a resistência na queda da mortalidade ocorre quando uma série de técnicas para prevenção, tratamento, já são colocadas em prática."
Para o pesquisador da USP, a ampliação da oferta de medicamentos anunciada neste domingo é uma boa notícia, mas deve ser acompanhada também pela ampliação da estrutura de atendimento e, sobretudo, de uma política para redução do preconceito, que, garante, ainda está presente. "Essa é uma das explicações para a resistência em fazer testagem pelo HIV", completa. Pesquisas mostram que pessoas geralmente fazem o teste para confirmar que não têm o vírus. "Quando há uma suspeita, a resistência em fazer o exame aumenta."
Somente com a redução do preconceito, afirma, a população vai aderir aos testes e o tratamento iniciado o mais rapidamente possível. "O que vemos, hoje, ainda é um grande número de pessoas que têm a doença diagnosticada numa fase mais avançada."
O boletim aponta para um aumento expressivo do número de casos na população entre 15 e 24 anos no período entre 2005 e 2012. Entre homens e mulheres nesta faixa etária, a incidência passou de 8,1 a cada 100 mil habitantes, para 11,3. As taxas são empurradas pelo comportamento entre o grupo masculino jovem. No período, os números entre esse grupo cresceram 81%: saíram de 1.454 casos registrados para 2.635. Entre as mulheres jovens, a tendência é inversa. Nesta faixa etária, houve uma queda de 4% do número de casos.
Entre homossexuais masculinos, de todas as idades, a taxa de prevalência passou de 22,7 para cada 100 mil habitantes em 2005 para 32 por 100 mil, em 2012. Um número bem maior do que a taxa geral brasileira, que é de 20,2. A transmissão da mãe para o bebê, durante a gestação e parto, pode ser evitada com o uso de antirretrovirais. Mesmo assim, em 2012, foram registrados 475 casos da doença entre menores de cinco anos - e, nessa faixa etária, a transmissão vertical é a principal forma de infecção.